Mensagem da Presidente

Caros conterrâneos,

A responsabilidade de assumir um desígnio democraticamente sufragado, na terra na qual os meus pais me conceberam e na qual nasci, cresci, criei a minha família e vivo o meu dia a dia é, indubitavelmente, um orgulho sem vaidade e uma manifesta responsabilidade que me apraz honrar com toda a minha força, lealdade, caráter e amor.

Sozinha não sou ninguém. Preciso de cada um de vós. Preciso de todos. Não há derrotados, não há vencidos quando aquilo que nos une é mais forte do que aquilo que nos separa: une-nos o amor a Buarcos e São Julião. É em prol deste amor comum e soberano a qualquer cor política ou ideologia que quero e conto com a vossa ajuda, com o vosso empenho.

Como tão bem o disse Machado de Assis: "Cada qual sabe amar a seu modo, o essencial é que se saiba amar.".....e nós sabemos amar e honrar a terra onde nascemos e vivemos, em prol de nós mesmos, mas muito em particular das gerações vindouras para que possam dar continuidade à história que vamos começar a escrever, dando continuidade aos capítulos herdados, mas acrescentando-lhe sempre mais-valias.

O meu muito obrigada a todas e a todos os que, desde o primeiro momento, me incentivaram e apoiaram: aos que comigo disseram sim.

Contem comigo, falem comigo, ajudem-me a ajudar, ajudem-me a melhorar. Buarcos e São Julião precisam de todos nós.

Viva Buarcos e São Julião